1 MÊS DE BIG CHOP ♥

Oiiiiiiiiiii genteeeeeeeee 😀 Estou muito feliz por este post! Ele foi muito sonhado e hoje alcancei meu objetivo! Esse post está aqui 🙂

Estou muito feliz de poder compartilhar com vocês que hoje faço 1 mês de BIG CHOP! Foram longos 14 meses de transição, mas cá estou firme e forte, sobrevivente das adversidades! Não vou dizer que foi fácil, porque não foi! Todos os dias tive desafios, principalmente depois de acordar de manhã pra ir trabalhar e pensar: “O que vou fazer no meu cabelo hoje Jesus?!”.

Confesso que em minha transição, meu maior e principal aliado foram as hidratações e penteados. Isso facilitava muito meu dia a dia. Não tive muita paciência para texturização por exemplo, inclusive tentei diversas vezes, mas sem sucesso. Como tenho facilidade pra mexer com cabelo, e estava sem paciência (vulgo desesperada pra cortar) , recorri aos penteados (coques, moicanos, topetes, tranças etc).

Como todos já sabem, não pude fazer meu Big Chop antes devido ao meu casamento. Meu último relaxamento foi feito em julho/2012, 1 mês antes de eu noivar. Ou seja, quando resolvi marcar a data do casamento e agilizar as coisas, já havia decidido que não usaria mais química. Só que não dava pra voltar atrás na minha decisão e continuar relaxando o meu cabelo só por causa do casamento, o desespero de nunca mais usar química era mais forte do que qualquer coisa. Tive que enfrentar o estresse pré-casório+transição!! Imaginem a pessoa =D

Mas graças a Deus deu tudo certo. Claro que nem sempre recebi elogios e incentivos. Por parte da minha mãe por exemplo, sempre havia aqueles comentários, não digo maldosos, mas próprios de mãe sabe?! Tipo: “Nossa, vai ficar duro esse cabelo hein”; “Meu Deus, que pixaim” ou “Como vc vai pentear esse tuim?” etc. Mas a gente releva né!?

Hoje ela vê que todo meu sacrifício valeu a pena e que meu cabelo está lindo e saudável, mas mesmo assim vire e mexe ela solta alguns comentários. Já acostumei, mas ela sabe que não concordo e não aceito. Minha mãe passou relaxamento no meu cabelo quando eu tinha apenas 8 anos. Desde então, nunca mais tornei a minha naturalidade, exceto por HOJE, quer dizer, desde mês passado, quando me livrei de todas as pontas.

Mas depois de todo esse processo, a única coisa que posso dizer é que estou MUITO feliz e MUITO realizada. Acho que nunca me senti tão completa e realizada na vida. É tão gostosa a sensação de cortar tudo, se livrar de vez de tudo aquilo que te fez sofrer…e ficou ali estagnado…sem vida… Assumir o nosso cabelo é muito mais do que algo meramente estético, é algo sobre valores, essência, auto aceitação…Se você não se aceitar do jeito que você é, quem vai?!

Temos que romper aquela barreira do preconceito, de que todas devemos ter os cabelos lisos, peraí, vivemos num país LINDO cheio de culturas, raças, pessoas diferentes uma das outras, que se unem e dão origem a mais pessoas, diferentes…cheias de cor, traços, é um mix de raças e culturas lindo!

Por que não se aceitar? Por que dizer sim ao padrão de beleza? Por que? Por que? Seja você negro, mulato, pardo, moreno, índio, branco, amarelo…não importa, conserve em você e da melhor maneira possível a sua essência.

Foi extremamente bom pra mim descobrir o meu verdadeiro cabelo, aquele que estava enraizado e escondido. Todos esses meses de preparação e paciência me ajudaram a ter ainda mais paciência pra poder aprender as coisas que são melhores para ele.

Nos vemos agora mês a mês. Vou postar meus avanços, problemas, dúvidas, produtos etc.

Vou compartilhar tudo com vocês!

Beijo grande 😀

Este slideshow necessita de JavaScript.

Anúncios
Etiquetado ,

4 pensamentos sobre “1 MÊS DE BIG CHOP ♥

  1. Vera disse:

    Linda como sempre!!

  2. Lauri disse:

    Débora, você está linda!!!
    Amei também seu penteado de casamento, valeu a pena aguentar a transição heim… arrasou!
    Também enxergo assim, nos assumir como somos vai muito além do estético, mexe muito com a gente por dentro também… vamos percebendo isso no dia-a-dia.
    um beijo

    • deboraninja disse:

      OBRIGADAAA!!!!
      Se viu só…realmente valeu a pena, depois de uma boa escova, aquela raiz abaixou e o penteado ficou maravilhoso!

      Verdade, dia após dia encaramos a nós mesmas, é onde passamos pelas “dificuldades cabelísticas” que mexem com a nossa auto estima.

      Beijos e obrigada pelo carinho ♥

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Negra e Crespa

Sobre autoestima negra feminina

Motivos não me faltam

Emagrecendo sozinha , beleza, cotidiano e mais um pouco !

Luciene Batalha

Cabeleira cabeluda e descabelada

%d blogueiros gostam disto: